Município requalifica espaços escolares – mas e na Castanheira?

A Câmara Municipal decidiu fazer um uso proveitoso da pausa letiva para levar a cabo algumas intervenções para beneficiar e requalificar os espaços escolares, melhorando as condições para os alunos, pessoal docente e não docente. Dos trabalhos que a Autarquia destinou para esta ocasião, destacam-se:

EB Professor Romeu Gil, Forte da Casa
Os trabalhos incidem nas pinturas gerais dos muros e das paredes exteriores da escola, reparações de infiltrações no interior, reparação nos pátios exteriores, melhoramento das condições de utilização e de conforto. Esta obra deverá custar 84,2 mil euros, mais IVA.

Jardim de Infância do Bom Sucesso, Alverca do Ribatejo
A intervenção consiste na colocação de dois telheiros de sombreamento no pátio da escola, uma obra que deverá custar 48,7 mil euros, mais IVA.

EB n.º 4 / JI n.º 3 de Alverca do Ribatejo (Chasa)
Os trabalhos previstos estão relacionados com a pintura das paredes exteriores da escola, a substituição das lâmpadas das colunas exteriores por iluminação LED e melhoramento de funcionalidade na zona da copa e do refeitório. Estão igualmente considerados os trabalhos necessários para a requalificação integral das instalações sanitárias da escola e a criação de lâminas exteriores de sombreamento para as salas de aula com maior exposição solar. O investimento previsto é de 149,5 mil euros, acrescidos de IVA.

Jardim de Infância N.º 2, Alverca do Ribatejo (Ribeiro)
A intervenção tem como objetivo a ampliação do refeitório da escola, melhorando as condições de utilização e de conforto de toda a zona envolvente, nomeadamente da copa, refeitório e instalações sanitárias. Valor: 48 750.35 € mais IVA.

EB Dr. Sousa Martins, Vila Franca de Xira
Os trabalhos nesta Escola contemplam a reparação e requalificação dos espaços exteriores, nomeadamente a criação de um telheiro que permitirá a deslocação dos alunos, desde a entrada do equipamento escolar até ao próprio edifício, protegidos da chuva. Este percurso coberto possibilitará igualmente a acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida. O investimento previsto nesta intervenção é de 149 mil euros, mais IVA.

Total de investimento previsto para 2017: 431 478,99 € mais IVA

 

Fonte : CMVFX

 

A APEE-AEAA continua a reclamar junto das autoridades responsáveis a realização de obras prementes nas escolas do Agrupamento D.António de Ataíde, o qual destacamos:

  • Criação de telheiros para a deslocação desde a entrada até aos edifícios.
  • Reabilitação dos espaços desportivos das escolas.
  • Aquisição de meios informáticos – computadores e impressoras.
  • Aquisição de meios audiovisuais – projectores e quadros interactivos.
  • Reabilitação das saídas de emergência das escolas.