Escola investigada por passar alunos com nota negativa

Escola Gonçalo Sampaio, na Póvoa de Lanhoso

Ministério Público abre inquérito-crime na sequência de denúncia de professor. Sete alunos com notas negativas passaram com 11, 14, 15, 17 e 19 valores.

O Ministério Público (MP) está a investigar possíveis crimes em casos de alteração de notas de estudantes do 9.º ano numa escola do ensino público.

Em causa estão pelo menos sete alunos que tinham sido chumbados pelo docente da disciplina de Geografia, mas que surgiram aprovados nas pautas.

Um dos reprovados até ficou com 19 (em 20) valores, após intervenção do Conselho Pedagógico da instituição de ensino.

Fonte : JN