Ministério da Educação contrata 7.306 professores e diz que todos os horários foram preenchidos

2016083011

O Ministério da Educação (ME) contratou 7306 professores através do concurso anual de colocação de professores e diz que, com esta colocação de docentes, “todos os horários solicitados pelas escolas foram preenchidos”. Ou seja, não há lugares por preencher nas escolas

No entanto, a tutela de Tiago Brandão Rodrigues – que se estreia agora com o arranque de um ano letivo – não revela quantos professores se candidataram a um lugar numa escola, quantos ficaram por colocar, quantos destes 7306 professores foram colocados através de um contrato inicial, quantos viram o seu contrato renovado, desde o ano passado.

Por saber fica também o número de horários pedidos pelas escolas, que no ano passado, por exemplo, foram 17.850.

Quanto ao número de colocados a tutela refere que foram contratados, neste concurso, mais “cerca de 500 professores” que no ano passado. Em Setembro de 2015, Nuno Crato contratou na altura 3.782 docentes a que se somaram 3.030 através da Bolsa de Contratação de Escola (BCE) que foi extinta por este Governo.

Os professores colocados têm agora um prazo de 48 horas (até 5º feira) para aceitarem a sua colocação e até 6ª feira (72 horas) para se apresentarem na escola onde conseguiram um lugar para dar aulas.

Com este concurso, o ME entende que estão “reunidas todas as condições para um regular início do ano letivo”.

Fonte : Jornal i