Pena suspensa para educadora de Famalicão condenada por 10 crimes de maus-tratos

2016030809Os maus-tratos terão ocorrido “pelo menos” durante sete meses a crianças entre 1 e 3 anos. A arguida terá ainda de pagar uma indemnização no valor de 6000 euros às famílias das crianças assistentes no processo.

O Tribunal de Guimarães condenou nesta terça-feira a três anos e 8 meses de prisão, com pena suspensa, uma educadora de infância de Famalicão, por 10 crimes de maus-tratos a crianças que tinha a seu cuidado. Em causa está a actuação da arguida, de 29 anos, enquanto educadora de infância no Centro Social e Paroquial de Seide S. Miguel, em Vila Nova de Famalicão, sendo as vítimas crianças com idades compreendidas entre 1 e 3 anos.

Fonte : Público